FANDOM



A Vercetti Gang é uma poderosa organização criminosa ao redor de Vice City. Eles são liderados por Tommy Vercetti e são essencialmente um grupo dissidente da Família Forelli, do qual Vercetti foi anteriormente reconhecido como membro. Eles aparecem pela primeira vez no meio do Grand Theft Auto: Vice City, e são mencionados mais tarde em Grand Theft Auto: San Andreas.

Descrição

A Vercetti Gang é chefiada por Tommy Vercetti, renegado membro da Família Forelli que assumiu o controle de muitas empresas e empreendimentos imobiliários durante os eventos de Grand Theft Auto: Vice City, por volta de 1986. A organização é conhecida por estar envolvida em vários empreendimentos ilegais, incluindo extorsão, tráfico de drogas, falsificação e pornografia. Eles são muito territoriais e hostis em relação às outras gangues da cidade, até mesmo os cubanos e Vice City Bikers, que estão em condições amistosas com Tommy Vercetti.

Embora alguns possam considerar a Gangue Vercetti uma família do crime, devido a ser liderada por um ex-membro da máfia, ela não pode ser uma verdadeira família porque há membros de alto escalão, como Lance Vance e Ken Rosenberg, que não são italianos. Podem ser considerados associados de alto escalão que são comuns nas famílias mafiosas; vários membros de alto escalão das "Cinco Famílias" não são italianos, mesmo assim, parece que Tommy a estruturou para se assemelhar a uma família da máfia. A gangue de Vercetti é mencionada de passagem em Grand Theft Auto: San Andreas por The Truth, que menciona que Dwaine e Jethro tiveram seu negócio comprado por "The Mob".

História

AVISO DE SPOILER: detalhes do enredo ou detalhes finais de algum personagem estão neste artigo ou seção, prossiga por sua conta e risco.
Warning

Tommy Vercetti foi originalmente enviado pela Família Forelli para Vice City para supervisionar um negócio de drogas financiado pelo dinheiro da família Forelli; o negócio deveria ser o começo da expansão dos Forellis no sul, em direção á Vice City.

Depois que o acordo foi emboscado pelo Cartel Diaz, Vercetti foi forçado a começar de novo sem dinheiro ou propriedade e auxiliado apenas por Ken Rosenberg, um advogado com fortes ligações com os Forelli. Ele acabou matando o perpetrador do ataque a drogas, Ricardo Diaz, auxiliado por seu novo amigo Lance Vance.

Após o falecimento de Ricardo Diaz, ele recebeu a posse da mansão de Diaz em Starfish Island, usando-a como sua principal base de operações, e posteriormente assumiu muitas outras propriedades e negócios na cidade, incluindo Kaufman Cabs, Cherry Popers Ice Cream, Malibu Club, Pole Position Club, Sunshine Autos, InterGlobal Studios, Print Works, Vice City Boatyard e Phil’s Place. Tommy cortou seus laços com a Família Forelli, enquanto sua operação se expandia em Vice City, o que tornava Tommy um homem muito rico, poderoso e influente, enfurecendo Sonny Forelli, que exigia sua parte dos lucros.

Ricardo Diaz antes de sua morte, controlou algo muito lucrativo em toda a ilha: sua empresa de segurança, mas depois de saber da morte de Diaz, algumas lojas do North Point Mall se recusaram a pagar pela proteção, e assim Tommy vandalizou as lojas que se recusavam a pagar. Pouco tempo depois, Tommy leva a DBP Security para fora de Ocean Beach para que sua gangue proteja o Front Page Café, que fica em Ocean Beach, e eventualmente consolida seu controle sobre a empresa, ao explodir o Café Tarbrush.

Membros conhecidos

Associados

Aparições proeminentes em missões

GTA Vice City