Fandom

GTA Patrollers

Grand Theft Auto IV: The Ballad Of Gay Tony

3 191 páginas
nesta wiki
Adicione uma página
Comentários0 Compartilhar


Grand Theft Auto IV: The Ballad of Gay Tony é a segunda das duas expansões para a versão de Xbox 360 e PlayStation 3 de Grand Theft Auto IV, desenvolvidas pela Rockstar North programada para lançamento durante o quarto ciclo do ano fiscal da Take-Two Interactive em 2009 (1 de agosto de 2009 - 31 de outubro de 2009). Foi anunciado em 26 de maio de 2009. Um pacote combinado em disco, intitulado Grand Theft Auto: Episodes from Liberty City foi lançado com as DLCs The Lost and Damned e The Ballad of Gay Tony sem a necessidade de possuir o GTA IV original para serem jogadas.

Sinopse

A nova aventura adicional de "GTA IV" coloca em holofote Luis Fernando Lopez, um bandido dominicano que serve como braço direito de Anthony "Gay Tony" Prince o dono da noite de Liberty City. Como é de se esperar, a vida de Luis não é nada fácil, Graças ao comportamento destrutivo do patrão decadente, e sempre afundado nas drogas e em um relacionamento conturbado com o namorado, o protagonista deve encarar a mafiosos e outras figuras sombrias da cidade. Nas horas livres é preciso, ainda, resolver problemas financeiros da mãe, se esquivar de velhos amigos traficantes e, quando houver tempo, cumprir missões extras pouco usuais. Como sempre, o estilo cinematográfico da série impressiona pela riqueza de desenvolvimento. Assim como nos anteriores, ninguém é santo na história, mas os personagens aqui são mais carismáticos e divertidos do que os da expansão anterior, o que torna o clima mais leve e de acordo com episódios anteriores da franquia. Como de costume, todas as figuras são agraciadas com ótimas performances vocais e diálogos espertos, além de designs extravagantes, ajudadas por referências ao mundo pop e a eventos das outras campanhas com direito a aparições de sujeitos ilustres do universo de "GTA IV", como Niko e Johnny.

Jogabilidade

LuisFernandoLopez-TBOGT-0.jpg

Luiz Fernando Lopéz-Protagonista do Jogo.

Com o roteiro sólido, a Rockstar já fez grande parte do serviço, mas isto não quer dizer que a empresa se acomodou. Há muitas passagens inusitadas e adições mecânicas que tornam The Ballad of Gay Tony essencial para os fãs da série. Na aventura dá para encontrar, por exemplo, partidas de golfe bastante violentas, números de dança, uma espécie de versão de "Clube da Luta" bem completa e até mesmo a prática de Base Jumpings, o salto de paraquedas de pontos fixos como prédios e pontes.

No meio das maluquices, claro, ainda há espaço para grandiosas sequências de ação que não ficam a dever nada para grandes filmes de Hollywood, especialmente o trecho do assalto aos vagões do metrô. O melhor é que se algo não rolar do jeito desejado, é possível reiniciar a missão depois para fazer da maneira certa.

Mecânicas

TBOGT.JPG

No aspecto técnico, The Ballad of Gay Ton não apresenta grandes novidades. Na prática ainda é o bom e já não tão novo GTA IV, que se não faz os olhos brilharem em um primeiro momento, ainda impressiona pela riqueza de detalhes. Nenhuma rua parece repetida, com letreiros luminosos, pontes e desvios diferentes a cada esquina, em uma sensação de realidade bastante diferenciada da concorrência. As boates, bares e outros cenários importantes da história receberam capricho maior, com a presença de muitos personagens e itens de cena.

Navegação


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no Fandom

Wiki aleatória